sábado, 14 de fevereiro de 2009

Super Herói, o filme


Ficha Técnica
Título Original: Superhero Movie
Gênero: Comédia
Tempo de Duração: 85 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 2008
Distribuição: Dimension Films / MGM / Imagem Filmes
Direção: Craig Mazin
Edição: Craig Herring
Efeitos Especiais: Animal Makers / Patrick Tatopoulos Design


Elenco

Drake Bell (Rick Riker / Homem-Libélula)
Sara Paxton (Jill Johnson)
Christopher McDonald (Lou Landers / Hourglass)
Leslie Nielsen (Tio Albert)
Kevin Hart (Trey)
Marion Ross (Tia Lucille)
Ryan Hansen (Lance Landers)
Keith David (Chefe de polícia)
Brent Spiner (Dr. Strom)
Robert Joy (Dr. Hawking)
Jeffrey Tambor (Dr. Whitby)
Robert Hays (Blaine Riker)
Nicole Sullivan (Julia Riker)
Tracy Morgan (Prof. Xavier)
Regina Hall (Sra. Xavier)
Marisa Lauren (Tempestade)
Craig Bierko (Wolverine)
Simon Rex (Tocha Humana)
Dan Castellaneta (Carlson)
Sean Simms (Barry Bond)
Pamela Anderson (Mulher Invisível)
Miles Fisher (Tom Cruise)
Ian Patrick Williams (Rei da Suécia)
Aki Aleong (Dalai Lama)
Howard Mungo (Nelson Mandela)
Freddie Pierce (Tony Bennett)
Sam Cohen (Rick Riker - jovem)



Sinopse
Após ser picado por uma libélula geneticamente alterada, Rick Riker (Drake Bell) tem sua vida alterada para sempre. Ele ganha superpoderes e passa a usá-los para combater o mal, sob a alcunha do Homem-Libélula. Entretanto Rick enfrenta um problema: sempre que tenta salvar alguém acaba matando-o acidentalmente. Apesar disto ele precisa enfrentar o Ampulheta, um vilão que deseja roubar a fonte de vida das pessoas para alcançar a imortalidade.

Meu parecer
Ok, ok, há filmes que eu assisto já sabendo a tosqueira que vai ser pela frente. Mas tudo bem, nem só de arte é feita a vida. O que seria de nós sem as baixarias que nos fazem rir e nos divertir, não é mesmo? Pois bem. E em se tratando de tosqueira, Superherói não vai lhe decepcionar. Você vai rir, mesmo que seja de vergonha alheia pelas situações vividas pelo herói Libélula (aqui interpretado pelo Drake Bell, ator de uma série de tv da Nick). O ator não é lá um Robert De Niro, nem um Downey Jr., mas convence nas caras e bocas de paisagem, não fazendo feio ao lado de Leslie Nielson, que faz o papel do seu tão amado tio. Nielson, que, aliás, para mim é ótimo fazendo sempre o mesmo papel, afinal, em time que se ganha não se mexe, né? Enfim, por razões que a própria razão desconhece, dou nota máxima para este filme. hehe

*****

4 comentários:

M. disse...

Carla, esse filme é tudo de bom! Lembro-me que no dia de uma profunda tristeza minha estávamos juntas dando altas gargalhadas com este filme!!!!! Estava com saudade de você postar por aqui. Aconselho esse filme a todos os deprimidos de plantão e irritados por vida, com certeza ele transforma o seu humor, digo por experiência própria. Aconteceu comigo! Hehhehehehe... Valeu o notaço!Beijo grande.

Anônimo disse...

hehe!!!!!!!

SÔNIA disse...

Oi, Carla. humildemente peço que vc atenda a esta fã deste filme.
Gostaria de sugerir que vc comentasse sobre este clássico que só poderia ser " dirty dancing-ritmo quente" com o fofo do Patrick swayze ( atualmente o ator está corajosamente lutando contra um câncer) e com a sumida jennifer grey ( Esta sumiu do mapa). Não sei, se vc gosta deste filme. Particularmente, vi e revi o filme dezenas de vezes. Danço com as músicas ( A trilha sonora do filme é ótima). Não dá para não enjoar de ver.

Carla Marinho disse...

oi Soninha, sobre o Dirty Dancing, quem não gosta? haha
e hj, vendo as condições do Patrick, a gente fica até triste e tal. Terei que reve-lo mais uma vez para escrever. Entrou na fila. hehe

É Meg, filme pra rir. Humor simplesmente. É isso que a gente quer em certos momentos, né? adoro

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails