terça-feira, 4 de agosto de 2009

Sem Notícias de Deus

Ficha Técnica:
Título Original: Sin Noticias de Dios
Gênero: Comédia
Tempo de Duração: 95 minutos
Ano de Lançamento (Espanha): 2001
Site Oficial: www.wanadoo.es/eventos/sinnoticiasdedios
Estúdio: Tornasol Films S.A.
Distribuição: First Look Home Entertainment / Europa Filmes
Direção: Agustín Díaz Yanes
Roteiro: Agustín Díaz Yanes
Produção: Eduardo Campoy, Edmundo Gil e Geraldo Herrero
Música: Bernardo Bonezzi
Fotografia: Paco Femenia
Desenho de Produção: Javier Fernández
Figurino: Sonia Grande
Edição: José Salcedo



Elenco:
Victoria Abril (Lola Nevado)
Penélope Cruz (Carmen Ramos)
Demián Bichir (Manny)
Fanny Ardant (Marina D'Angelo)
Juan Echanove (Gerente do supermercado)
Gael García Bernal (Jack Davenport)
Emilio Gutiérrez Caba (Chefe de polícia)
Cristina Marcos (Oficial de polícia)
Gemma Jones (Nancy)
Breno Bichir (Eduardo)
Elena Anaya (Pili)
Peter McDonald (Henry)
Javier Bardem (Carmen Ramos reencarnada como homem)


Sinopse:
Céu e inferno mandam suas enviadas à terra. A representante celeste é a feminina e delicada Lola (Victoria Abril) e a girl infernal é a máscula e desaforada Carmen (Penélope Cruz). Elas tem uma missão que é interferir na vida de Manny (Demián Bichir), um ex boxeador decadente. Mas devido a problemas administrativos que estão nas mãos de seus fortes representantes, o do inferno vivido por um jovem latino americano com nome estrangeiro, Jack Davenport (Gael Garcia Bernal) e o do céu a não menos glamourosa Marina D´Angelo (Fanny Ardant), opostos se unem para salvar a alma de Manny e evitarem a falência total do céu e um suposto golpe de asministração do inferno.
Meu parecer:
Achei inteligentíssimo a nível de comédia a forma como Agustín Díaz Yanes abordou céu e inferno. O céu é Paris em preto e branco, mulheres e homens como na época áurea do cinema nos tempos antigos, todos falando francês. E o inferno só podia mesmo ser administrado por Gael García Bernal, um papel que combina muito com ele. Por quê será hein? Sem contar que ele é um capeta debochado e espertíssimo. Os americanos ficam lá querendo passar a perna nele, e ele está lá ligadíssimo na máfia dos seus secretários traíras. E eles reinvidicando ar-condicionado no inferno? E Jack (Gael) dizendo que ar-condicionado não combina com inferno!? É engraçadíssimo! Mas o filme é mesmo das atrizes espanholas Victoria Abril e Penélope Cruz. A primeira que surpreende em belos musicais que são apresentados no céu. Acredito que é o papel mais doce de Victoria Abril! E Penélope Cruz que faz uma representante do inferno que é um homem aprisionado em corpo de mulher e que na próxima encarnação vem como homem (Javier Bardem) devido ao bom serviço que prestou para o inferno. Aconselho a assistir é divertido!
Nota: ****

2 comentários:

Carla Marinho disse...

aaaah, um bom filme!

MatHeuS MatHeuS disse...

Este filme é muito foda!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails