sábado, 23 de janeiro de 2010

Simone (2002)

simone

ficha técnica:

    * título original:Simone
    * gênero:Drama
    * duração:01 hs 57 min
    * ano de lançamento:2002
    * site oficial:http://www.simonemovie.com/
    * direção: Andrew Niccol
    * roteiro:Andrew Niccol
    * produção:Andrew Niccol
    * música:Carter Burwell
    * fotografia:Edward Lachman
    * direção de arte:Sarah Knowles
    * figurino:Elisabetta Beraldo
    * edição:Paul Rubell

Elenco

*  Al Pacino (Viktor Taransky)
* Catherine Keener (Elaine)
* Rachel Roberts (Simone)
* Tony Crane (Lenny)
* Susan Chuang (Lotus)
* Sean Cullen (Bernard)
* Rebecca Romjin-Stamos (Faith)
* Winona Ryder (Nicola Anders)
* Camille Wainwright (Katie Crom)
* Evan Rachel Wood (Lainey)
* Jay Mohr (Hal)
* Pruitt Taylor Vince
* Jason Schwartzman

Sinopse

Após a principal estrela de seu mais novo trabalho desistir do projeto, o produtor Viktor Taransky (Al Pacino) entra em desespero. Sem ter como deixar tudo a perder, Taransky decide criar secretamente Simone, uma atriz digital criada especialmente para o trabalho, substituindo uma de carne e osso. Mas o que Taransky não esperava era que Simone iria se tornar um sucesso mundial, sendo que todos desejam conhecê-la pessoalmente.

 

Meu Parecer

Um filme pouco comentado de Al Pacino. Na verdade, um dos que seus fãs xiitas dizem ser dos piores. Aqui ele é Viktor, um falido diretor que ganha a oportunidade de conseguir novamente a fama ao descobrir um software que permite criar uma atriz virtual. Bom, o tema é atual, inclusive a inveja sentida por Viktor, quando seu “Frankestein” de saias faz mais sucesso que ele, relegando-o a um simples descobridor. Claro que há coisas berrantes, como o fato dela se apresentar em um estádio para milhares de pessoas e ninguém perceber a farsa. (Ó futuro, será que essas frases minhas não parecerão coisa de pessoas antigas?). Sua ex-esposa (e o resto do mundo) passa a acreditar que ele é dominado por Simone. De certa forma sim. Tanto que ele tenta destruir o software e as pessoas pensam que ele… matou a Simone. E agora? Como provar a verdade absurda que ele conta?

Talvez o que eu não goste é simplesmente o que não posso falar aqui: do final. Um final forçadamente hollywoodiano, apressado em suas conclusões, feliz até, e que nos deixa com uma frase na cabeça: onde isso vai parar?

 

Nota: ***

simone2

3 comentários:

Roberto F. A. Simões disse...

Lembro-me de que quando era mais novo gostei bastante. Mas há poucos meses revi e já não gostei tanto assim. 3*, sim. Embora aprecie bastante o argumentista (TRUMAN SHOW, GATTACA).

GOstei do seu blog, Magda!

Cumps.
Roberto Simões
CINEROAD - A Estrada do Cinema

Magda Miranda disse...

Oi Roberto! Mas quem escreveu este Post foi minha amiga Carla Marinho, que é fã de Al Pacino e quem criou este blog. Sou apenas colaboradora.

Magda Miranda disse...

Carla, embora o filme não seja lá grandes coisas, a presença de Al Pacino ilumina.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails